PSD 2

Payment Services Directive 2

É a sigla pela qual é conhecida a Segunda Diretiva de Pagamentos, da União Européia, foi aprovada em 2015, para aplicação completa das regras a partir de janeiro de 2018.

O principal objetivo da legislação foi permitir a integração dos serviços de pagamentos eletrônicos no âmbito da Comunidade Européia. Ela estabelece regras abrangentes para os serviços de pagamento, para tornar os pagamentos realizados em toda a UE tão fáceis, eficientes e seguros quanto os pagamentos realizados num único país. Também visou ampliar a concorrência, facilitando. entrada de novos operadores e oferecendo condições financeiras mais vantajosas para os consumidores.

De forma bastante resumida, se pode dizer PSD2 permite que os clientes dos bancos, tanto consumidores como empresas, contratem outros fornecedores na administração de suas finanças. Os bancos são obrigados a fornecer a esses terceiros acesso às contas dos clientes via APIs, permitindo a esses propor serviços financeiros com base nos dados e na infraestrutura dos bancos.

Nasceu assim a base de um movimento que passou a ser denominado Open Banking e abriu o espaço para o nascimento das Fintechs.