KMS

KMS, Key Management System é a denominação dos sistemas (Pessoas, Tecnologia e Processos) destinados a gerenciar o ciclo e vida das chaves criptográficas.

KMS

Gerenciar o ciclo de vida das chaves inclui a geração, troca, armazenamento, uso, destruição e substituição de chaves. A implantação de um KMS envolve um projeto de protocolo criptográfico, definição de servidores de chaves, procedimentos de usuário e outras atividades relevantes.

O gerenciamento seguro de chaves é fundamental para a segurança de um um sistema de informações. É o lado mais desafiador da criptografia no sentido de que envolve aspectos da engenharia social, como política do sistema, treinamento do usuário, interações organizacionais e departamentais e coordenação entre todos esses elementos, em contraste com as práticas matemáticas puras que podem ser automatizadas.

Muitos aplicativos específicos desenvolveram seus próprios sistemas de gerenciamento de chaves com protocolos proprietários, desenvolvidos internamente. No entanto, conforme os sistemas se tornam cada vez mais interconectados, as chaves precisam ser compartilhadas entre sistemas diferentes. Para garantir a Segurnaça entre os diversos sistemas interconectados, os padrões de gerenciamento de chaves evoluíram para os protocolos padronizados, usados ​​para gerenciar e trocar chaves criptográficas e as informações a elas relacionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *