Um smartphone pode ser um terminal EMV contactless?

O EMVCo iniciou um programa de testes para verificar se um smartphone pode ser um terminal EMV contactless para a captura de transações.

O objetivo é verificar se os dispositivos de série (COTS – commercial off-the-shelf terminais) atendem aos requisitos dos padrões aprovados.

Um smartphone pode ser um terminal   EMV. contactless?

Lançado em 13 de outubro de 2020, o Programa é aberto a fornecedores para avaliação funcional de smartphones e tablets usando recursos sem contato integrados, para uso ​​por comerciantes para receber pagamentos, sem a necessidade de hardware adicional, como um roteador wifi.

O Early Program é baseado nos requisitos de interoperabilidade atuais relacionados ao alcance de leitura e às necessidades de experiência do usuário, conforme descrito no Especificações EMV Nível 1 para Sistemas de Pagamento – Especificação de Interface Sem Contato EMV, v3.0.

São considerados nos testes:

  • A segurança do uso nos dispositivos,
  • As melhores práticas de uso,
  • A experiência de uso de clientes e lojistas.

Os fornecedores de dispositivos poderão utilizar os resultados dos testes para aprimorar a oferta de dispositivos ao mercado para executar transações Contactless.

Os requisitos de segurança e usabilidade evoluem rapidamente nos dispositivos móveis, incorporados ao software e ao hardware, cada vez mais sofisticados.

Smartphones dos principais fabricantes suportam os recursos para a operação das carteiras digitais EMV. Os testes específicos direcionados ao uso por comerciantes podem indicar “gaps” que a indústria poderá cobrir nas próximas versões, tornando universal o uso de smartphones em todo o ciclo de pagamentos.

Ao final do programa, a aprovação dos smartphones e tablets de mercado para a captura de transações sem contato pode significar uma sensível redução dos custos operacionais e de complexidade na captura de transações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo