Autenticação Forte

O conceito de autenticação forte tem sido estabelecido por organismos de padronização internacional com o objetivo de aumentar a segurança e a privacidade das informações. Uma das principais ações é a diretiva PSD2, publicada pela União Européia em 2018.

O termo é bastante amplo e muitas vezes é confundido com a autenticação baseada em múltiplos fatores. Este método é uma das formas de implementar a autenticação forte, mas não a única.

Diversas iniciativas estão em curso unidos entidades como PCI, EMVCo, FIDO e W3C com o mesmo objetivo.